Mês: abril 2017

Como funciona a experiência em Mythras

“Cada experiência que vivencio contribui de uma forma ou de outra para a minha evolução.”

E essas experiências são ainda mais importantes na evolução de personagens de RPG, sendo, na realidade essenciais, embora diferentes sistemas lidem de formas diferentes com essa evolução.

Alguns RPGs possuem um sistema de evolução baseado no acúmulo de pontos de experiência. Quando o personagem acumula uma determinada quantidade, ele destrava as habilidades de um novo patamar, algumas vezes evoluindo um conjunto inteiro de habilidades, em uma abordagem não orgânica. (mais…)

The Black Hack #1: Criação de Personagem

Faz tempo que eu buscava um sistema de RPG para ensinar o jogo ao meu filho, agora com sete anos. Após muitas leituras, percebi que invariavelmente todos os RPGs enfatizavam muito o tema de combate, então seria um pouco difícil fugir dessa premissa.

Eu queria um sistema que fosse simples, preferencialmente em português e que possibilitasse muita diversão e aprendizado ao mesmo tempo.

Eis que, graças a indicação do Gabriel Anaya, do Mundos Colidem, sou apresentado ao The Black Hack (TBH). Cliquem no link e baixem a versão grátis em português.

(mais…)

Exemplo de combate em D&D 5E

Pegando a deixa do artigo anterior, no qual apresentei um exemplo de combate usando o sistema Mythras (confira aqui), vou apresentar um exemplo de combate em D&D 5E.

Para facilitar as coisas, vou usar um personagem com as mesmas características do artigo anterior, fazendo apenas algumas substituições que sejam pertinentes.

(mais…)

Exemplo de combate em Mythras

Nos próximos dias deverei mestrar uma aventura de apresentação para alguns amigos usando o Mythras e então resolvi fazer esse teste, criar um personagem usando as regras apresentadas no artigo Mythras – Criação de Personagens e testá-lo em um combate.

Como os combates em Mythras são realizados na base do golpe a golpe, a despeito da complexidade do sistema, o combate tende a ser rápido.

Quando colocamos um guerreiro contra uma criatura da noite, quem se dá melhor?

(mais…)

D&D sombrio – Parte 2

Saudações.

Após escrever o artigo D&D Sombrio, acabei encontrando uma discussão em um tópico justamente sobre o tema e no qual fui apresentado a um artigo do Ubiquitous Rat que traz algumas regras bem interessantes e que vou juntar a minha lista anterior e testar todas elas em breve.

Continuem a leitura e vejam quais outros elementos podem ser usados para tornar o D&D ainda mais sombrio.

(mais…)

Gregor “A Montanha” Clegane para Mythras e D&D 5E

Se existe um personagem em A Game of Thrones que ninguém gostaria de ter que enfrentar, com certeza esse sujeito é aquele conhecido como A Montanha.

Como um exercício de aprimoramento, imaginei as estatísticas de Gregor Clegane para o sistema Mytras e D&D 5E.

(mais…)

D&D sombrio

Quando nos propomos a jogar Dungeons & Dragons, podemos ter propósitos muito diferentes do senso comum. Por exemplo, podemos querer jogar uma aventura focada em investigação e intrigas, com poucos combates.

Algumas pessoas argumentam que em D&D isso não é possível, mas neste blog vou ignorar todas essas ideias, pois o que não é possível é que não se pode imaginar.

Em uma série de artigos vou tratar das opções que utilizo para criar uma campanha de D&D mais sombria e se você tiver algo para compartilhar, deixe um comentário.

(mais…)

Meu primeiro personagem de D&D

Após começar a jogar com o First Quest, conheci um grupo de jogadores que já evoluíam seus personagens com o Dungeons & Dragons, caixa preta da Grow.

Devido a sua resistência, a maior parte dos personagens eram anões, que tinham nomes etílicos, todos inspirados na adega do pai de um dos jogadores e ao lado da qual jogávamos.

Daquela época me recordo de poucas coisas, mas sei que entrei no grupo para interpretar um Mystic, personagem opcional apresentado no Rules Cyclopedia.

(mais…)